Siga o Diário 24H

Brasil

Grupo armado rouba van escolar e faz crianças reféns no RJ

Sete bandidos teriam participado da ação. Duas crianças foram feitas reféns pelos criminosos

Publicado

em

Foto: Reprodução / TV Globo

Duas crianças de dois anos de idade, que haviam sido levadas por ladrões que roubaram uma van escolar em Niterói, na região metropolitana do Rio, foram encontradas na manhã desta sexta-feira, dia 11.

Havia seis crianças dentro do veículo no momento do roubo. De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista conseguiu tirar quatro crianças, mas duas ficaram dentro do veículo quando ele foi levado pelos assaltantes. De acordo com informações da Polícia Civil, as duas crianças foram levadas para a 73ª Delegacia de Polícia (Neves), que investiga o caso.

Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a delegada Carla Tavares, que comanda as investigações, “acionou a perícia para o local e tenta identificar e prender os bandidos que praticaram o crime”.

Segundo o jornal “O Globo”, sete bandidos teriam participado do assalto à van escolar e levaram as crianças para o Morro da Pereirinha, em São Gonçalo, cidade vizinha a Niterói. A van e as crianças foram recuperadas por equipes da PM.

O jornal “O Fluminense”, de Niterói, informou que, segundo o 12° Batalhão de Polícia Militar, testemunhas viram quando os criminosos fugiram com a van e outros carros escolares auxiliaram na busca pelas crianças na região onde o veículo foi levado. As crianças estariam indo para uma creche em São Gonçalo, segundo o jornal.

Publicidade

Brasil

Maioria dos brasileiros são contra criança tocar homem nu em museu

Pesquisa diz que 83% da população não concorda com exposição

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução

A polêmica em torno da performance no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo, onde o coreógrafo Wagner Shwartz aparece nu, e é manipulado por uma criança, ainda repercute. A cena difundida nas redes sociais mostra a menina sendo incentivada pela mãe a tocar o homem. A ação dela foi reprovada por 83% dos brasileiros, conforme pesquisa divulgada pelo jornal Gazeta do Povo.

O levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre 10 e 16 de outubro, ouviu 2.365 pessoas. Do total, apenas 9,2% dos entrevistados não viram problema na apresentação. 7,8% disseram não ter acompanhado o assunto.

A pesquisa mostra que os homens são maioria do público que discordou do evento, com 85,9% das avaliações negativas. A maioria tem idade entre 35 e 44 anos (86%), ensino superior (85%), boas condições financeiras (84,3%). 86,3% disseram morar na região Nordeste do país.

Na região Sul, 80,8% tiveram a mesma opinião, ante 81,5% da região Sudeste e 83,6% no Norte e Centro Oeste.

Confira a reportagem da Gazeta do Povo

Relembre o vídeo:

 

Continue lendo

Brasil

Rapaz tem perna amputada ao colidir moto em poste em MG

Violência da colisão foi registrada por vídeo; Assista

Publicado

em

Foto: Reprodução

DIÁRIO 24H
BRASIL

Um jovem teve parte da perna amputada após colidir a motocicleta que conduzia em um poste na tarde de domingo (15) em um acidente registrado no município de Varginha, em Minas Gerais. Outra jovem que estava sendo transportada na garupa sofreu ferimentos.

O acidente foi captado por câmeras de segurança de uma das residências na Alameda dos Pinheiros. A gravação mostra o motociclista perdendo o controle e atingindo violentamente o poste; Com o impacto, sua perna é amputada instantaneamente.

O Corpo de Bombeiros de Varginha informou que o rapaz foi socorrido em estado gravíssimo ao Hospital Bom Pastor. A garupa também sofreu ferimentos graves e foi encaminhada.

Assista as imagens:

Continue lendo

Brasil

Crianças são encontradas mortas dentro de veículo em SP

Corpos já estavam em avançado estado de decomposição

Publicado

em

Por

As duas crianças teriam 3 anos e estavam desaparecidas há 18 dias - Foto: Divulgação

ESTADÃO CONTEÚDO

Duas crianças de 3 anos foram encontradas mortas na noite desta quinta-feira, 12, no Jardim Lapena, na zona leste de São Paulo. Os corpos foram deixados no interior de um veículo em um terreno baldio. A polícia foi acionada e investiga o caso.

De acordo com parentes, Adrielly Mel Severo Porto, de 3 anos e 8 meses, e uma menina identificada apenas como Beatriz estavam desaparecidas desde 24 de setembro. No domingo em que sumiram, elas brincavam na frente da casa dos pais de Adrielly. A comunidade se mobilizou para encontrá-las e chegou a fazer cartazes. Naquele dia, a família percorreu todo o bairro. Foi também a hospitais e conselhos tutelares.

Nesta quinta-feira, as buscas chegaram a uma Fiorino branca de placas FIP 2230, de Ibiúna, em um terreno baldio. O local tem saída para duas ruas. Em uma, era cercado por uma proteção metálica e, atrás, apenas por arame farpado, que estava rompido.

Autoria

Agachado perto da área cercada, o pai de Adrielly, o motorista Alan Oliveira Porto, de 42 anos, aguardava informações sobre o autor do crime. “A gente achou que elas tinham saído e se perdido. Não pensávamos que isso pudesse ocorrer.”

Porto conta que, momentos antes do sumiço, a família aproveitava o dia com as crianças. “As meninas estavam com nosso vizinho, que pedia para ela (Adrielly) repetir mensagens como ‘papai, te amo’, ‘mamãe, te amo’ e louvores”, disse. Segundo ele, ninguém viu o momento do sumiço. “Um monstro pegou essas crianças. Queremos saber quem foi.”

Agitada, a mãe de Adrielly, a doméstica Adriana Severo de Jesus, de 28 anos, relatava pelo telefone o caso a parentes. Ela contava ter visto a filha sem roupas e com as pernas abertas no interior do veículo. Até as 21h30, a polícia não sabia se a criança havia sido estuprada. A menina era a caçula de quatro filhos do casal, que mora a 150 metros de onde foram achados os corpos. “Nunca teve isso aqui antes”, disse Adriana.

Continue lendo

Brasil

Cidade obriga oração do pai nosso nas escolas municipais

Determinação partiu da prefeitura de Barra Mansa, no sul do Rio

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

ESTADÃO CONTEÚDO

Alunos da rede municipal de ensino do município de Barra Mansa, no sul fluminense, estão sendo obrigados a rezar a oração do Pai Nosso antes de entrar em sala de aula. A determinação do secretário municipal de Educação, Vantoil de Souza Junior, entrou em vigor no último dia 4, conforme a ordem de serviço publicada dois dias antes que institui a rotina de oração.

O documento estabelece que todas as unidades escolares da rede pública municipal devem organizar os alunos em fila indiana, “em posição respeitosa”, para entoar a cada dia da semana um hino predeterminado, seguido da Oração do Pai Nosso.

A entoação dos hinos e a oração são obrigatórias a todos os turnos, inclusive o da noite, antes que os estudantes sejam conduzidos à sala de aula. Na ordem de serviço, a Secretaria de Educação argumenta que o Pai Nosso é uma oração “universal” e por isso “aceita pela maioria das manifestações religiosas”.

Os alunos que se recusarem a rezar devem declarar seu desejo por escrito através de seus responsáveis. Além disso, o documento determina que eles sejam colocados em uma fila separada e levados para a sala de aula apenas após a entoação do hino.

A reportagem tentou contato com a Secretaria Municipal de Educação de Barra Mansa, mas devido ao feriado nacional não conseguiu localizar um representante da prefeitura.

Continue lendo

Brasil

Romeira que havia sido entrevistada morre a caminho de Aparecida

Mulher havia sido entrevistada horas antes por equipe de reportagem

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução / TV Globo

ESTADÃO CONTEÚDO

A romeira Poliana Abraão de Paiva, de 47 anos, morreu ao ser atingida por um galho de uma árvore de grande porte durante o temporal do final da tarde desta terça-feira, 10, quando seguia em peregrinação para o Santuário Nacional de Aparecida. O acidente aconteceu na zona rural de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, a cerca de 60 quilômetros do destino.

A mulher fazia a caminhada pela Rota da Luz, percurso alternativo para o santuário, considerado mais seguro em relação ao percurso tradicional, pelos acostamentos da Rodovia Presidente Dutra. Durante o trajeto ela havia dado entrevista a uma equipe da TV Globo, que acompanhava os romeiros.

Os peregrinos que estavam no mesmo trecho, numa estrada vicinal pavimentada, foram surpreendidos por uma forte chuva, acompanhada de raios e rajadas de vento. O galho de uma árvore caiu e atingiu a mulher. Um carro também foi danificado. Os outros peregrinos do grupo acionaram o resgate. A mulher foi levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Pronto-Socorro Municipal, mas já chegou sem vida.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Horas antes do acidente, Poliana havia contado em entrevista que seguia para Aparecida em agradecimento a uma graça, por ter se curado de uma doença respiratória grave. Ela iniciou a caminhada sozinha, a partir de Mogi das Cruzes, Região Metropolitana de São Paulo, mas se juntou ao grupo durante o trajeto.

Essa foi a segunda morte de romeiros durante a peregrinação ao Santuário Nacional, em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem da Padroeira do Brasil, no Rio Paraíba. No dia 24 de setembro, o romeiro Gladstone Andrade de Almeida, de 38 anos, morreu após ser atropelado por um caminhão, no km 69 da via Dutra, em Aparecida. Ele havia saído de Resende (RJ), onde morava, e estava a dois quilômetros do principal acesso ao santuário. O motorista do caminhão parou para prestar socorro à vítima, que caminhava na beira da pista.

Continue lendo

Brasil

Vídeo de grávida e médico dançando Anitta antes do parto viraliza

O vídeo já conta com mais de 23 mil visualizações e 1,8 mil curtidas

Publicado

em

Por

Estadão Conteúdo

O parto pode ser bastante tenso e dolorido, mas o obstetra Fernando Guedes da Cunha, de Vila Velha (ES) faz de tudo para tornar esse momento o mais tranquilo possível. Na última segunda-feira, 9, o médico publicou um vídeo ao lado da paciente Camila Rocha dançando Paradinha, de Anitta.

“Você chega para trabalhar e sua paciente entra em trabalho de parto. Ela pede a música, inventamos a coreografia na hora, de forma que o exercício ajude no parto, e o resultado: parto normal lindo em banqueta de parto humanizado. Parabéns, Camila! Detalhe: ela percebeu que iria nascer e nasceu!”, escreveu o médico no Facebook.

O vídeo já conta com mais de 23 mil visualizações e 1,8 mil curtidas. Essa, porém, não é a primeira vez que o obstetra usa a dança para ajudar no parto. Em maio, ele dançou Despacito, de Luis Fonsi, Daddy Yankee e Justin Bieber, como forma de exercício pré-parto para uma paciente grávida.

Continue lendo

EM 24 HORAS: