Conectar com

Brasil

Pai se enrola com filho em colchão, ateia fogo e os dois morrem

Homem pediu para passar o dia com a criança e cometeu o crime

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal

O homem identificado como Cleiriano José da Silva, 31 anos, já tinha tudo planejado. Se enrolar junto com o filho de 5 anos em um colchonete, atear fogo, e por fim à vida dos dois.

O caso aconteceu na noite de sábado (08) em Cidade Tiradentes, bairro da zona leste de São Paulo.

Para provocar o incêndio, Cleiriano, antes, havia embebido o colchonete em combustível. A criança chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O garoto teve 80% do corpo queimado.

Transtornado

Conforme declaração de familiares ao jornal Agora São Paulo, o homem não se conformava com a separação da ex-mulher, há cerca de um ano.

De acordo com a Polícia Civil, Cleiriano, que está desempregado, havia pedido à ex-mulher para passar o sábado com o filho, Marcos Varela da Silva. Ela permitiu, entretanto condicionou que o garoto fosse entregue às 16h.

Como ele não apareceu com o filho no horário marcado, a mãe foi atrás deles junto com a Polícia. Ao chegar na residência, eles encontraram o local fechado, e como ninguém respondia, a PM decidiu arrombar a porta.

Neste momento, uma forte explosão aconteceu na garagem da casa, onde pai e filho foram encontrados. O caso foi registrado como homicídio, lesão corporal, explosão e suicídio.

Publicidade

EM 24H: