Siga o Diário 24H

Curiosidades

Menina de 3 anos chora lágrimas de sangue na Índia

Criança sofre de doença rara; Médicos desconhecem a cura

Publicado

em

Curiosidades

A história impressionante da menina Ahana Afzal, uma criança de 3 anos que vive em Hyderabad, na Índia, está chamando a atenção dos médicos e da internet. A garota sofre de uma estranha condição que a faz chorar sangue.

Existem poucos casos como este no mundo. Um deles foi descrito com a menina Twinkle Dwivedi, de 15 anos, também na Índia.

Neste caso recente, a família de Ahana relatou que o problema começou há 16 meses, quando a menina passou a sangrar pelo nariz. Preocupados, os pais a levaram para o hospital, onde os médicos determinaram que o sangramento era devido à febre alta que a menina apresentava.

No entanto, à medida que os dias passaram, a saúde do bebê piorou. Ahana passou a sangrar também pela boca, ouvidos, olhos e outras áreas do corpo. Segundo os médicos, aparentemente não havia um padrão específico que explicasse o sangramento.


De acordo com os pais da menina, o sangramento ocorre durante alguns segundos, algumas vezes ao dia, e depois desaparece. Devido à perda de sangue, a menina já teve que receber muitas transfusões e, constantemente, acaba desmaiando durante as crises. Os médicos não sabem dizer se existe uma cura para o quadro da menina Ahana.

Suspeitas indicam que a garota sofra de uma doença extremamente rara, chamada hematidrose, uma condição que causa a ruptura dos vasos sanguíneos que alimentam as glândulas sudoríparas, fazendo com que o paciente exale sangue por diversas áreas do corpo. A hematidrose está relacionada a condições extremas de estresse físico e emocional.

Aos 3 anos, a menina não tem a possibilidade de viver uma vida normal e brincar com outras crianças. Em vez disso, ela precisa passar muito tempo sob cuidados e em hospitais de Bombaim e Bangalore.

Atualmente, a garota está sendo tratada no Rainbow Hospital, em Hyderabad. A boa notícia é que, de acordo com os médicos, o sangramento de Ahana diminuiu graças ao tratamento que ela está recebendo. A expectativa da equipe de saúde é fazer com que os sangramentos parem completamente em breve. Enquanto a cura não chega, a menina continua sofrendo com os sangramentos, que acontecem até 5 dias por semana, duas vezes ao dia.

Publicidade
Comentários

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar
avatar
wpDiscuz

EM 24 HORAS: