Fora de casa, Londrina perde para o Figueirense por 3 a 1

Tubarão corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento

Foto: Luiz Henrique/ Figueirense FC

A equipe principal do Londrina Esporte Clube perdeu por 3 a 1 para o Figueirense na noite desta terça-feira (27), em Florianópolis, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Zé Antônio, Henan e Robinho anotaram os gols do time da casa no Estádio Orlando Scarpelli. Artilheiro da competição, agora com oito gols, o atacante Jonatas Belusso fez o tento alviceleste na partida.

Com o resultado, o Tubarão continua com 13 pontos ganhos e ocupa a 13ª posição do BR Série B. O Figueirense é o 15º colocado, com 12 pontos. Juventude (22 pontos), Guarani (19), Vila Nova (18) e Internacional (17) são os quatro primeiros, na zona de acesso à Série A de 2018. Mais oito jogos completam a rodada nesta sexta-feira (30) e sábado (1).

Após a partida em Santa Catarina, agenda de treinos do LEC continua na tarde desta quarta-feira (28) no CT da SM Sports. A atividade será destinada aos atletas não relacionados. Na quinta-feira (29), os jogadores que estiveram em Florianópolis trabalham no CT enquanto os demais viajam a Lins, no interior de São Paulo, para um jogo-treino com o Linense.

O próximo desafio do Londrina na competição é na terça-feira (4), às 19h15 (Horário de Brasília), contra o Paysandu, no Estádio Magueirão, em Belém.

O jogo

A partida começou com bastante intensidade por parte das equipes. O Londrina foi quem teve mais posse de bola, mas foi o Figueirense que conseguiu as principais chances. E o time da casa assustou logo no primeiro minuto. Após cobrança de escanteio, Bruno Alves cabeceou e, também de cabeça, Marquinhos concluiu em posição de impedimento. Gol corretamente anulado pela arbitragem.

Aos seis minutos, os anfitriões chegaram ao gol de vantagem. Zé Antonio cobrou falta da região intermediária do ataque. O chute forte foi parar no ângulo esquerdo de César, que foi à bola, mas não pôde evitar: Figueirense 1 a 0. O empate alviceleste quase veio três minutos depois, num contra-ataque pela direita. Artur avançou e tocou para Jonatas Belusso, que chutou cruzado. A bola acertou o travessão e saiu.

O goleiro César ainda foi acionado em outras duas oportunidades. Em uma delas, aos 36 minutos, defendeu chute rasteiro de Robinho, que havia feito jogada individual e invadido a grande área. Por sua vez, o Tubarão levou perigo com um cabeceio de Bidía, que saiu pela linha de fundo por cima do gol, aos 42 minutos.

A etapa final ficou marcada por decisões da arbitragem, que interferiram diretamente no desenrolar do segundo tempo. O primeiro lance polêmico ocorreu aos 12 minutos, quando o lateral-esquerdo Ayrton, do Londrina, e o lateral-direito Dudu, do Figueirense, disputavam a bola no lado do campo. O árbitro Alinor Silva da Paixão entendeu que o londrinense deu uma cotovelada no adversário e aplicou cartão vermelho direto ao jogador.

Com um a menos em campo, o Alviceleste sofreu o segundo gol aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, Marquinhos cabeceou. A bola caiu nos pés de Henan, que da pequena área mandou para o gol: Figueirense 2 a 0. Dez minutos depois, o LEC esboçou uma reação depois que Rafael Gava cobrou a falta e Matheus tocou para Jonatas Belusso diminuir: 2 a 1. Foi o oitavo gol de Belusso no BR Série B, artilheiro da competição.

E quando o Tubarão pensava em buscar o empate, veio o segundo lance polêmico do jogo. Aos 35 minutos, em uma disputa de bola com o meio-campo Thiago Lopes, Marco Antônio, do Figueirense, foi derrubado fora da grande área. Mas o juiz da partida assinalou pênalti, que Robinho cobrou aos 37 minutos para fechar o placar da partida: Figueirense 3 a 1.