Conectar com

Esportes

Londrina bate o Cruzeiro e é finalista da Primeira Liga

Partida empatou em 2 x 2. Vitória do Tubarão veio nos penaltis com 3 x 1

Publicado

em

Foto: Divulgação

Guilherme Coimbra, Banda B

Dramática e heróica. Assim pode ser definida a classificação do Londrina para a grande final da Primeira Liga. Depois de sair atrás no placar no duelo de alvicelestes, o time paranaense reagiu e derrotou o Cruzeiro nos pênaltis, na manhã deste domingo (3), no Estádio do Café, em Londrina, pela semifinal da competição. Com o empate em 2 a 2 no tempo normal e o triunfo por 3 a 1 nas penalidades, o Tubarão agora irá enfrentar o Atlético-MG na decisão do torneio.

O primeiro tempo deu indícios de que a manhã não seria boa para a equipe paranaense no Café. O Londrina chegou a pressionar e chegar com perigo com boas oportunidades de Carlos Henrique, Rômulo, Edson Silva e Artur, mas foi o adversário quem conseguiu ser efetivo. Aos 19 minutos, Lucas Silva apareceu bem após cobrança de escanteio e cabeceou para o fundo das redes de César, abrindo o placar para os mineiros.

Na segunda etapa a situação complicou ainda mais para o Tubarão. Logo aos oito minutos, em contra-ataque rápido, Élber carimbou a trave e, na sobra, Sassá empurrou para o gol para ampliar o marcador. Então entrou em cena a reação heroica do Londrina. Pressionando o adversário, o time esbarrou em Rafael e na trave nas boas chegadas de Carlos Henrique. Mas, aos 35, Safira deu um ar de esperança. Em bola recebida de Marcinho, o jogador apareceu na segunda trave para descontar.

O Tubarão então fez uma blitz na busca pelo empate. Aos 38 minutos, Germano carimbou outra vez a trave cruzeirense. Aos 41, bola cruzada na área e ninguém apareceu para completar. Mas, aos 50, Safira invadiu a área e foi derrubado. O árbitro marcou a penalidade que Germano cobrou com perfeição, no canto esquerdo, igualando o placar e levando a decisão para a marca da cal.

Vitória nos pênaltis e classificação

O Londrina abriu as penalidades com o capitão Germano convertendo. Depois, um erro para cada lado, com Lucas Silva para o Cruzeiro e Marcinho para o Tubarão. Brayan chegou a marcar para os mineiros, mas Arthur e Alex desperdiçaram suas cobranças. A equipe paranaense ainda perdeu com Artur, mas converteu com Ayrton e Dirceu, garantindo a vitória por 3 a 1 e a classificação para a grande final.

Agora é decisão

O Londrina agora decide o título da Primeira Liga contra outra equipe mineira, o Atlético-MG, no dia 8 de outubro, às 19h30, no Estádio do Café.

Publicidade

EM 24H: