Foto: Reprodução / RPC TV

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Londrina, Marcos José Vieira, atendeu pedido impetrado pela Prefeitura de Londrina e determinou a reintegração de posse de um terreno no jardim Cancun, na zona norte da cidade. Agora, as 17 famílias que vivem no local terão que deixar o espaço de forma voluntária em até 30 dias. Caso o contrário, poderá ser usada força policial. Aqueles que continuarem na ocupação, serão multado diariamente em R$ 200. A decisão é da última quinta-feira (7).

A situação irregular no  jardim Cancun é de longa data. Em 2016, aproximadamente 50 famílias ocuparam um terreno particular que fica no fundo do bairro. Já em março deste ano, a polícia cumpriu um mandado de reintegração e a desocupação aconteceu de forma parcial. Diferente da situação do Flores do Campo, onde havia construções de casas, no local, as famílias improvisaram barracos para residir. Muitas moradias foram “levantadas” com madeiras e até papelão. Os populares “gatos” para utilizar energia e água também foram feitos.

A maioria das famílias que participam da ocupação no Cancun não estão inscritas na fila da casa própria da Companhia de Habitação (Cohab) que, inclusive, já tentou retirá-las de forma amigável, porém sem sucesso.

(Com informações Paiquerê)




    Comente!