Acusados de torturar e matar filho de PM morrem em confronto com a Polícia em Umuarama

Guilherme Sela de 16 anos foi encontrado morto com sinais de tortura em um frigorífico abandonado. Crime chocou a cidade do noroeste do estado

5986
Foto: Umuarama News

LONDRINA, PR
Diário do Estado

Dois homens suspeitos de assaltar a casa e torturar o filho de um policial militar morreram em confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira (05) em Umuarama, no noroeste do estado.

O adolescente Guilherme Sela de 16 anos, estava sozinho em casa quando foi rendido por três assaltantes que invadiram a residência. Os criminosos sequestraram o jovem e o levaram para um frigorífico desativado na PR-323, onde ele foi torturado e morto com requintes de crueldade.

O pai do garoto estava de serviço no município de Loanda, e a mãe dele estava viajando no litoral catarinense. Os bandidos entraram na casa do PM por volta das 19 horas de quarta (04) e roubaram vários objetos do local.

Usando o carro da família, o menino foi levado pelos suspeitos até o frigorífico desativado. Perto das 23h o corpo de Guilherme foi encontrado com sinais de tortura, espancamento na região da cabeça, uma orelha cortada, golpes de faca e tiros.

Após o crime os marginais fugiram, mas acabaram se envolvendo em um acidente na PR-323 nas proximidades do Parque de Exposições de Umuarama.

Viaturas da Polícia Militar e Civil cercaram o veículo e prenderam um dos bandidos em flagrante. Ele foi identificado como Mateus Costa Gonçalves, de 19 anos, e na delegacia, ele disse que desconhecia o roubo e o sequestro do jovem.

Troca de tiros

Os outros dois suspeitos foram encontrados próximos à um posto de combustíveis durante a madrugada pela Polícia Militar. Eles tentaram fugir, e durante a perseguição, houve troca de tiros, onde eles acabaram sendo mortos pelos policiais.

O corpo deles foi recolhido pelo Instituto Médico Legal e permanecem sem identificação.

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. SAUDADES DO ESQUADRÃO LE KOQUE DO RIO QUE EXECUTAVA ESTES TRASTES ,BANDIDOS PERVERSOS E FAZ FALTA TAMBÉM O CABO BRUNO DE SÃO PAULO QUE MATAVA ESTES BANDIDOS E ASSASINOS, BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO,SÓ ASSIM ELES NÃO PREJUDICAM E NÃO MATAM NENHUM SER HUMANO E TRABALHADOR ISTO TEM QUE TER FIM,SENÃO A PRÓPRIA POPULAÇÃO VAI COMEÇAR A DAR O QUE ELES MERECEM JÁ QUE OS DIREITOS HUMANOS SÓ DEFEDEM BANDIDOS E ASSASINOS ,O POVO TEM QUE ESTAR ANTENADO SE NÃO TOMAREM UMA MEDIDA DRÁSTICA PARA ACABAREM COM ESSA BANDIDAGEM O POVO TEM QUE FAZER.

  2. A culpa é dos lixos dos defensores de bandidos. Essa praga de Direitos Humanos infestou o pais e estão incentivando e encorajando a bandidagem.

Comments are closed.