Crime aconteceu na residência da vítima na Vila Nova – Foto: Bruno Costa / Conexão Cidades

A 10ª Subdivisão Policial de Londrina prendeu na tarde desta segunda-feira (08) o jovem Igor Machado da Silva, de 23 anos; Ele é acusado de assassinar Teruko Kobayashi, 65 anos, na tarde de 20 de março dentro da residência onde ela morava na Vila Nova, região central de Londrina.

Leia:
Mulher é encontrada morta dentro de casa no centro de Londrina

Segundo a Polícia Civil, Igor teria entrado na casa para roubar, mas acabou cometendo o homicídio. Ela foi encontrada sem vida no banheiro do imóvel, com a mangueira do chuveiro e uma toalha enroladas no pescoço, o que indica morte por asfixia.

De acordo com declaração do delegado-chefe da 10ª SDP Osmir Ferreira Neves ao site Bonde, a polícia chegou até ao suspeito do crime após identificar a impressão digital dele em uma garrafa pet. Os investigadores também levantaram imagens do circuito interno de estabelecimentos na região; Em uma as gravações, o rapaz aparece com uma lesão em um dos braços, possivelmente provocada durante a ação criminosa.

Delegado Osmir Ferreira Neves – Foto: Arquivo

Ainda conforme a polícia, Igor possui já possui passagens por roubo, e negou a autoria do homicídio. Ele foi detido na rua Niterói após ser identificado por policiais. A investigação, segundo o delegado, foi bastante trabalhosa e identificar o suspeito não foi uma tarefa fácil, já que ele é considerado morador de rua e não tem um endereço fixo.

Para o Dr. Osmir, as provas contra o jovem são suficientes para incriminá-lo. Agora cabe a Justiça decidir quais medidas serão tomadas.

(Com informações do Bonde)