Conectar com

Utilidade Pública

Paraná trabalha em ações de controle de infecções

Iniciou nesta segunda-feira (13), em Curitiba, as atividades dentro do ‘I Simpósio Estadual de Resistência Antimicrobiana

Publicado

em

Paraná tem preocupação a respeito de controle de infecções

DIÁRIO 24H
CURITIBA

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde e em parceria com diversas instituições, iniciou nesta segunda-feira (13), em Curitiba, suas atividades dentro do ‘I Simpósio Estadual de Resistência Antimicrobiana: desafios e perspectivas’, com participação em práticas sobre a imunidade antimicrobiana.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Júlia Cordellini, o Governo do Estado pretende entender o perfil de resistência da população e trabalhar ativamente, através de estratégias articuladas, para mudar o cenário do Paraná em relação ao tema. O simpósio tem por objetivo orientar profissionais de saúde e a comunidade em geral sobre o uso de antibióticos. Durante o evento, foi lançado o encarte ‘Antibióticos: saiba como utilizá-los de maneira segura’ que será distribuído em pontos específicos, a fim de explicar de maneira clara e sucinta sobre o uso correto desses medicamentos, o tempo do tratamento, a dosagem, compartilhamento, entre outros.

Quem tiver interesse em divulgar  a campanha pode solicitar o material à Vigilância Sanitária estadual por meio do telefone (41) 3330 4539 ou 4544. As cartilhas deverão ser retirados no prédio central da Secretaria da Saúde (Rua Piquiri, 170, no bairro Rebouças em Curitiba) ou nas Regionais de Saúde do Estado a partir da próxima semana.

O Simpósio foi constituído a partir do Plano Estadual de Controle de Infecção e da Resistência Antimicrobiana, publicado pela Secretaria da Saúde em maio de 2017. Outra atividade que o Plano busca realizar é a obtenção de dados das infecções relacionadas à assistência à saúde em tempo real por meio do Sistema Online de Notificação de Infecções Hospitalares, o Sonih.

Segundo Viviane Dias, infectologista e presidente da Associação Paranaense de Controle da Infecção Hospitalar, a partir do momento que o perfil  o perfil de resistência microbiana no Paraná e o consumo de antibióticos seja definido, será possível levar conhecimento para todas as regiões do Estado.

Publicidade
Comentários

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar
avatar
wpDiscuz

EM 24H: